PPP é a saída para melhorar infraestrutura brasileira, sustenta advogado em palestra na M&T Expo

Uma das áreas bastante promissora para receber investimentos de PPPs, a de saneamento básico, já conta com 200 contratos

As Parcerias Público Privadas (PPPs) podem ser uma saída para viabilizar inúmeros projetos em áreas que exigem investimentos e administração. “Essa modalidade de investimentos é uma das soluções que os governos estão utilizando para deslanchar as áreas de saneamento, iluminação pública, rodovias, entre outras”, afirmou Renan Facchinatto, advogado e gestor jurídico do escritório Dal Pozzo, durante a palestra promovida na Arena de Conteúdo na M&T Expo 2018.

De acordo com o palestrante, uma das áreas bastante promissora para receber investimentos de PPPs, a de saneamento básico, já conta com 200 contratos. Dos 1400 contratos de PPPs, 199 são de iluminação pública, segundo dados da Radar Projetos. “Várias cidades brasileiras já estão usufruindo os benefícios das PPS na área de iluminação pública. Tenho um cliente que já opera a área de iluminação em uma cidade de 15 mil habitantes e que está muito satisfeito com o negócio”, revela o advogado.

Segundo Facchinatto, apesar de apresentar grandes oportunidades na área de PPPs, o Brasil ainda conta com uma jurisdição intrincada em termos de infraestrutura. “É um país marcado por excessiva jurisdição”, reconhece Facchinato. Mas com tantos setores necessitando de investimentos, o país representa um interessante polo de apostas em várias áreas. “Temos muitas oportunidades para se fazer PPPs no Brasil. Uma área que representa um grande filão é a coleta de resíduos e drenagem urbana, assim como os presídios, onde as PPPs entram para administrar a chamada hotelaria desses locais”, aponta Facchinato.


Download Press Release (PDF)