Guindastes: diversos tipos para as múltiplas necessidades

Guindastes: diversos tipos para as múltiplas necessidades

Por elevar às alturas inalcançáveis pesos que não conseguiríamos carregar, essas máquinas se tornaram indispensáveis em muitas atividades.

Quantos modelos de guindaste você conhece? Qual o mais adequado para cada situação? São muitas as possibilidades de resposta para essas questões. Mas uma unanimidade é: os guindastes são fundamentais para o andamento de uma grande obra.

Os primeiros ensaios para os atuais guindastes, que vemos nas obras por todas as cidades, surgiram na Grécia Antiga e eram instrumentos de operação mecânica movidos por homens ou animais de carga para facilitar a elevação de materiais em obras grandiosas.

Com o caminhar da história a mecanização, as tecnologias e inovações transformaram a sua operação, e sua presença, que já era importante, se tornou imprescindível em diversos setores, como o da construção civil.

Um tipo para cada necessidade

São muitas as atividades que envolvem o uso de guindaste. Qualquer tarefa que exija que cargas sejam movimentadas ou elevadas com peso e em alturas que são impossíveis para os seres humanos, lá eles estarão como grande apoio para as construções.

Essencialmente um guindaste é uma máquina que possui roldanas, gancho, cabos, torre móvel e uma cabine de controle, e que tem como objetivo elevar materiais ou movê-los na horizontal.

Aliás, aqui cabe um comentário sobre a questão guindaste x grua. Muitas vezes os guindastes de torre são chamados de grua, porém o braço mecânico do guindaste também pode ser chamado de grua.

Os tipos mais conhecidos e utilizados de guindastes são:

Guindaste pinça ou multiangular

Muito utilizado na construção civil, os guindastes do tipo pinça ou multiangular são desmontáveis e funcionam por meio do contrapeso que é posicionado em uma de suas extremidades com a função de estabilizar a máquina e evitar acidentes e na outra extremidade está a pinça hidráulica, que lhe dá nome, ou gancho para manusear os materiais.

Esse equipamento conta ainda com uma base de sustentação de torre modular e motor com funcionamento por meio de roldanas e cabos que devem ser super resistentes.

Guindaste torre ou grua

Esse tipo dispensa apresentação, até mesmo para quem não é da área. Utilizado para elevação e movimentação de cargas e materiais pesados é sempre visto em grandes obras, aeroportos e na indústria em geral.

Guindaste pórtico

Geralmente vistos em portos e aeroportos, esse tipo de guindaste tem como função elevar e posicionar os containers. Pode carregar até 12 containers de 20 metros cúbicos.

Guindastes rodoviários

Também conhecidos como Guindauto, Munck ou Truck Cane são acoplados sobre caminhões e podem ser utilizados nos mais diversos terrenos para a movimentação de cargas e maquinários. Estão entre os mais utilizados, principalmente na construção.

Existem diversos modelos, que variam de acordo com o peso que irão movimentar e o alcance máximo necessário. A Hyva, expositora da M&T Expo, possui uma extensa gama de modelos que representa bem a diversidade dos guindastes rodoviários. Alguns deles têm capacidade de carga de mais de 63 toneladas, enquanto outros são capazes de esticar sua lança até 36 metros.

Escolha em quem confiar na M&T Expo

Para um equipamento tão essencial no setor é fundamental escolher por máquinas e produtos nos quais você possa confiar, afinal são máquinas que carregam materiais muito pesados e precisam ser seguras para todos os envolvidos em sua operação.

Inclusive você pode conferir como manter a segurança nas alturas aqui em nossa área de notícias.

Marcas como Hyva, JLG, Platafort e outras especialistas em equipamentos para elevação de cargas e pessoas estarão presentes na M&T Expo entre os dias 5 e 8 de julho para apresentar máquinas modernas, eficientes e seguras que atendem ao que o mercado de construção e mineração esperam e precisam.

Saiba como participar da 11ª Edição da M&T Expo.

Guindastes: diversos tipos para as múltiplas necessidades