Motores híbridos

Motores híbridos

A linha amarela está cada vez mais verde

Ter uma postura sustentável já não é mais matéria restrita para os grupos dedicados exclusivamente às pautas ambientais. A construção civil caminha rumo ao desenvolvimento de obras cada vez mais amigáveis com a preservação do planeta.

Além dos materiais utilizados e desenho dos projetos, máquinas e equipamentos também estão se tornando cada vez mais verdes.

De olho nas emissões de carbono

Uma indústria tão grande e pujante como a da construção, que movimenta economias e atua incansavelmente para o progresso das cidades, está atenta para controlar os seus níveis de emissão de CO2.

Os fabricantes contam com laboratórios de desenvolvimento específicos para criar máquinas, peças e componentes mais modernos, que proporcionam à operação de um canteiro de obras a redução na emissão de poluentes.

Entre as principais apostas para que máquinas e equipamentos sejam considerados cada vez mais limpos, está a criação de sistemas e motores que operem impulsionados por combustíveis limpos de energia renovável.

Desta forma, o setor também dá sua contribuição para frear os impactos do aquecimento global.

Novos motores e propulsão híbrida

Desde agosto de 2017, com a implantação do Proconve Mar-1, o nível de poluentes emitidos por máquinas pesadas e veículos não rodoviários (tratores, escavadeiras e demais equipamentos utilizados na agricultura, construção e mineração) é controlado no Brasil, com o objetivo de reduzir a poluição emitida, tanto quando se fala em emissão de gases, quanto em emissão de ruídos.

Com isso, o investimento em novas tecnologias permite o desenvolvimento de máquinas mais modernas, capazes de alcançar novos patamares no cuidado com a poluição.

Entre as alternativas encontradas, existem os sistemas de SCR (Redução Catalítica Seletiva) e EGR (Recirculação de Gases do Escapamento). Nos sistemas de SCR, os gases de escape entram em contato com uma substância que praticamente neutraliza a emissão de gases tóxicos para a atmosfera. No caso dos sistemas EGR, uma pequena porcentagem dos gases de escape é captada após passar pelo turbo e misturada ao ar de admissão. Ao entrar na câmara de combustão, essa massa de ar diluída diminui a temperatura de combustão, o que traz como consequência a redução da emissão de óxido de nitrogênio.

Ambos os sistemas são menos prejudiciais para o ambiente e foram amplamente utilizados no início das movimentações por máquinas mais ecológicas.

Atualmente, uma tecnologia muito menos poluente e que tem ganhado cada vez mais adeptos no mundo das máquinas de construção e mineração é o sistema de propulsão híbrido.

Este sistema se utiliza de mais de um tipo de energia, mais comumente energia elétrica associada com o diesel, e proporcionam ganho em eficiência, redução no gasto de combustível, menos ruídos e menor emissão de poluentes.

Geralmente, os motores híbridos são menores, tem maior durabilidade e podem ser aplicados a praticamente todos os tipos de equipamento. A energia elétrica destes motores pode ser oriunda de baterias, acumuladores ou supercapacitores.

As opções de máquinas híbridas ainda podem ter um custo de investimento mais alto do que os equipamentos mais tradicionais, porém, os benefícios de escolher por elas se tornam cada vez mais evidentes.

Afinal, é mais lógico fazer uma opção de investimento por máquinas e equipamentos mais modernos, eficientes, precisos e ecologicamente corretos. Tal atitude é uma reafirmação de responsabilidade diante uma sociedade cada vez mais exigente com as ações ambientais. Soma-se nesta conta a possibilidade de aquisição de créditos de carbono.

Com o desenvolvimento das tecnologias e do surgimento de máquinas e equipamentos que visam ter o menor impacto ambiental possível, acredita-se que as tecnologias limpas ganharão cada vez mais espaço, tornando-se a regra dentro das fabricantes.

As mais modernas você encontra da M&T Expo

A M&T Expo é a oportunidade perfeita para a exposição das soluções mais completas, inovadoras e sustentáveis em máquinas e equipamentos.

A maior feira da América Latina de máquinas e equipamentos para a construção e mineração, é o palco ideal para a sua empresa apresentar as soluções mais alinhadas com as metas sustentáveis.

Os visitantes poderão conferir todas essas novidades entre os dias 5 e 8 de julho de 2021 no SP Expo.

Saiba mais sobre espaços disponíveis para exposição.